Cursos

Curso de Psicologia da FUNEPE celebra 16 anos de História na Instituição

O curso de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FAFIPE), órgão pedagógico mantido pela Fundação Educacional de Penápolis (FUNEPE), celebrou no mês de agosto os 16 anos de funcionamento da graduação na instituição. O evento comemorativo aconteceu em grande estilo no dia 26 do último mês no Núcleo Acadêmico e Cultural (NAC) e foi organizado pela coordenação do curso com o apoio do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). A celebração contou com a presença de toda a turma, além do corpo docente do curso e alunos egressos. 

O evento também contou com a presença dos vereadores Bruno César e Rodolfo Valadão, representando a Câmara Municipal, entregando à gestão da faculdade, Moção de Congratulação em homenagem ao curso. Segundo a coordenadora Sandra Spósito, a data foi um marco para todos que fazem parte desse momento da faculdade, “é com muito orgulho que podemos vivenciar essa grande festa com todos os alunos que confiaram e confiam em nosso trabalho de formação, com certeza a história de cada um é parte do nosso sucesso”, conta.


História do Curso

A graduação iniciou seu funcionamento no ano letivo de 2006, formando oito turmas de psicólogas/os. No total foram 111 graduados pela instituição levando o nome da FUNEPE por todos os cantos do país. Sandra explica que o curso sempre se pautou por oportunizar uma experiência de formação ampliada e pluralista, com sólidas bases teóricas e epistemológicas, alicerçada pela cientificidade e pela busca de constante atualização de seus conteúdos curriculares e metodologias de ensino. O projeto pedagógico é fundamentado na consolidação dos Direitos Humanos, na interface com a realidade sociocultural no qual se insere, com especial articulação com as políticas públicas locais e atuação no escopo da saúde, incluindo a saúde mental, na promoção da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades. 

“Entendemos que ao enfrentar o desafio de articular suas finalidades e perfil às necessidades da sociedade brasileira, em especial às demandas regionalizadas, o curso de Psicologia deve minimizar a distância entre a formação e os espaços de atuação profissional. Desta forma, buscamos alinhavar ensino, pesquisa, extensão e práticas (via estágios) com as competências e habilidades que direcionam nossos alunos para a construção de atuações profissionais críticas, eticamente situadas, teoricamente estruturadas com procedimentos e técnicas articuladas com as especificidades dos campos de atuação”, explica a coordenadora que está à frente do curso há um ano.


Centro de Estudos em Psicologia e Atendimento Comunitário

Funcionando desde 2009, o CEPAC oferece atendimento gratuito para a comunidade como parte das atividades de estágio obrigatórias do curso de Psicologia. A média dos últimos três anos indicam 1.100 atendimentos individuais, grupais e institucionais que envolvem os estágios em psicologia. O serviço é gratuito, aberto para os funcionários da instituição e também para toda a população penapolense.


Profissionais da FUNEPE no Mercado

Em 2021, através de consultas online junto a 30% dos egressos do curso de Psicologia foi constatado que mais de 70% atuam na psicologia e na área clínica, mais de 20% atuam nas políticas públicas de assistência social, na área de educação e ademais trabalham com avaliação psicológica. Além disso, do total de entrevistados, cerca de 66,7% já fizeram algum curso de especialização.


Diferenciais do Curso

A graduação em Psicologia da FUNEPE oferece três grandes diferenciais que promovem a formação mais qualificada da região, o primeiro é o corpo docente experiente e qualificado, cerca de 40% são mestres e 60% doutores formados em universidades renomadas como UNESP, USP e PUC-SP. Uma equipe de profissionais com experiência prática nas suas áreas de ensino que se mantêm atualizados participando de congressos, eventos e cursos de aprimoramento.

O segundo importante diferencial é o foco nas práticas profissionais (estágios e extensão), com grande carga horária de disciplinas e atividades voltadas às práticas da profissão em integração com a comunidade de Penápolis e região. São mais de 1.000 horas de formação profissional em atividades de estágio e extensão de serviços à população local. Segundo a coordenadora Sandra, para a formação é muito importante “saber-fazer” através das experiências da turma nos espaços de atuação. Além disso, o conteúdo atualizado do curso de Psicologia inclui, atualmente, em sua carga curricular disciplinas e estágios que trazem novas perspectivas para a formação profissional, em sintonia com estudos mais recentes. São temas como atendimento em situação de crise, relações étnico raciais, psicofarmacologia, orientação à queixa escolar, dentre outros.

O professor Me. Cledivaldo Donzelli, diretor do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH), em que a graduação se inclui, indica a qualidade da gestão do curso, “nos empenhamos diariamente para oferecer experiências e um ensino de excelência para os nossos alunos e celebrar os 16 anos de história da Psicologia na FAFIPE/FUNEPE é a certeza que estamos trilhando o caminho certo”, conclui.

Imagens