27/05/2015

FUNEPE completa 49 anos.

Autor: da FAFIPE

FUNEPE: vigor e viço aos 50 anos

A Fundação Educacional de Penápolis (FUNEPE) e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis (FAFIPE) começam neste mês os eventos de comemoração de seu cinquentenário. Chegarão, em maio de 2016, ambas aos cinquenta anos coadas pela experiência, nem robustas, tampouco moribundas: vividas. E muito unidas, tanto que se pode falar das duas, mantenedora e mantida, como se só uma fossem: FUNEPE-FAFIPE, agora competente para se apresentar no mercado e enfrentá-lo, não pode deixar de manifestar gratidão a todos que a ajudaram nesses quarenta e nove anos.

De 1966 até hoje, milhares de jovens –alguns nem tanto- ampliaram suas perspectivas profissionais e de humanização depois de passarem alguns anos nos bancos acadêmicos desta instituição. De meados dos anos sessenta do Século XX a meados da segunda década do Século XXI, a FUNEPE-FAFIPE irradiou conhecimento, cultura, senso crítico, criatividade e justiça e ajudou a forjar uma comunidade coesa pelo cimento da ética da solidariedade.

Identificada com valores tão positivos, esta instituição mudou a vida de muitos penapolenses e de gente que veio de várias cidades da região e, às vezes, de outras mais distantes. Todas essas pessoas não só se socializaram por meio da formação que obtiveram aqui, tornando-se melhores para a comunidade, mas também puderam melhorar sua condição sócio-econômica. Dessa forma, tem sido muito relevante a contribuição da FUNEPE-FAFIPE para o aprimoramento da sociedade em que está inserida e para a satisfação dos indivíduos que se beneficiaram de seus serviços.

Ciente de sua importância ao longo deste meio-século, a FUNEPE passa por uma reconstrução, em que, sem perder a humildade, assume uma missão ousada consoante as exigências da nova fase de formação de quadros para o país, em diversas áreas do conhecimento. Tradicionalmente respeitada pela consistente formação que sempre propiciou principalmente na educação, por meio de suas licenciaturas, e nos negócios, por meio dos Cursos de Administração, Ciências Contábeis e Gestão do Agronegócio, a instituição vem se esforçando para ampliar o espectro de sua atuação.

Nesse sentido, consolidou o Curso de Psicologia, que assim tem melhores condições de formar bem profissionais para a área da saúde, além de prestar continuamente serviços de extensão à comunidade por meio de parcerias com órgãos públicos e por meio do atendimento na Clínica. Na área da saúde, aliás, está em avançado estágio de tramitação, no Conselho Estadual de Educação, o processo para autorização de funcionamento do Curso de Bacharelado em Educação Física. Esses fatos animam a FUNEPE a criar projetos muito mais ousados nessa mesma área, a execução dos quais faz parte do conjunto de eventos a serem realizados no ano do cinqüentenário.

Com essa mesma meta de atender mais amplamente as demandas da comunidade local e regional, em 2015 inaugurou-se o Curso de Engenharia Agronômica, o qual terá o mérito de suprir a vocação agrária de nossa região além de situar a instituição no rol das engenharias. Agora, então, a FUNEPE deverá elaborar projetos de outros cursos ligados a esse, no que tange aos aspectos da terra/ambiente assim como aos aspectos da tecnologia.

Além dessas prospecções na área da saúde e das engenharias, para 2016 projeta-se também a abertura do Curso de Bacharelado em Direito, que deverá responder ao interesse de grande número de estudantes penapolenses que viajam diariamente  para cidade vizinha em busca dessa formação acadêmica.

Para possibilitar contínua formação e capacitação para sempre melhor servir à comunidade, será oferecido variadíssimo cardápio de cursos de pós-graduação, em nível de especialização, possibilitados pelas novas graduações instaladas e por uma parceria com a Universidade Municipal de São Caetano do Sul e com o Grupo Phorte.

Todas essas ações revelam uma instituição vigorosa em várias dimensões: ante seu público-alvo, que tem acreditado na competência e seriedade do corpo docente, ante o órgão que observa e valida seu funcionamento – o Conselho Estadual de Educação de São Paulo –, no qual a FUNEPE goza de muita credibilidade, e ante as instituições irmãs, representadas pela AIMES (Associação das Instituições Municipais de Ensino Superior), entidade que tem dado suporte e inspiração para esse crescimento.

Como se vê, entrando no seu quinquagésimo ano de existência, a FUNEPE mostra, além de todo esse vigor, muito viço. É uma instituição que se reedifica a partir dos mesmos valores que a têm norteado esse tempo todo e se investe de nova energia para vislumbrar um futuro breve de muita prosperidade. Assim, ela se disponibiliza num papel estratégico para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, econômico, social e humano do município de Penápolis. Alinhado a esse entendimento é que o poder público municipal tem sido parceiro no fomento dessa reconstrução.

Parabéns FUNEPE!